24.9.08

HEROES - 3X01 THE SECOND COMING | 3XO2 - THE BUTTERFLAY EFFECT



Depois de muita divulgação, muitos spoilers e comentários finalmente podemos assistir (pra quêm confere pela net, of course) os dois novos episódios da também nova temporada de Heroes entitulada Villains.


Se a maior causa da queda da audiência da série na ultima temporada foi a falta de ação e dialogos chatos e cansativos, Heroes aprendeu bem a lição e logo no começo do primeiro episódio já mostrou serviço, as cenas de ação foram bem feitas e o enredo agradou bastante, bem melhor que a porcaria do segundo volume.

De inicio descobrimos quem enfim atirou em Nathan em seu discurso no final da 2º temporada, ninguém mais ninguém menos que Peter, do futuro claro!
De alguma maneira o fato de Nathan ter abrido o bocão no discursso afetaria pra sempre a relação dele com Claire e a situação de todos os mutantes do mundo (Ah! não contei que a Claire do futuro tentou matar o Peter né?)

De inicio eu não tava sacando qual era a do Peter do futuro, se ele era um vilão ou um heroi, depois fica mais claro que ele só atirou no Nathan pra evitar que todo a merda acontecesse futuramente. E o Nathan hein? Morreu e aí voltou denovo. Como? Linderman de volta? Como assim só o Nathan consegue ver ele? Ele tem o poder de falar/ver os mortos? Ah o Hurley de Lost já pode mudar de série então.

Finalmente Sylar pegou a Claire, esse era um dos momentos mais esperados por todos os fãs da série (pelo menos os quê curtem o Sylar como eu =P) foi uma das melhores cenas do episódio, Sylar abriu a cabeça da Claire e ficou brincando lá dentro. E o cara não é ruim mesmo? Só pegou a parte do cerébro dela que pode se regenerar, o resto ele não quis afinal não é obrigado (Sylar ruleia ok)

Adoro Elle, adoro Sylar. Adorei a descarga elétrica que a Elle deu em cima dele, mesmo ela tendo soltado vários mutantes perigosos que já tão tocando o terror no mundo, shit. (eu não lembro como o Bennet terminou a temporada passada, pq ele tava no level 5? what?)

Ainda tivemos Hiro e Ando e agora Daphne a mutante super rápida que vai dar uma puta de uma canseira no Hiro, acho que esse trio ainda rende boas histórias assim espero. Tivemos também o mala do Mohinder que injetou o poder da Maya nele e virou mutante também e tem o poder de ser mais tosco que antes, querendo ser sensual e por deus que cena fuleira foi aquela dele transando com a Maya hein? Como? Onde? Ah! vamos transar? por favor né Tim Kring...

Por fim Heroes teve uma estréia não muito satisfatória em termos de audiência, o ibope foi menor ao da temporada passada, o quê pode começar a preocupar se a audiência e a qualidade da trama não subirem. A sensação que dá é que queriam mostrar muita coisa nos dois primeiros episódios e não conseguiram mostrar quase nada, a trama tá muito corrida e isso tá um pouco estranho, mais de qualquer forma é legal ver que a galera tá lutando pra mudar o quadro de Heroes que perdeu a credibilidade desde o final fraco da primeira temporada

*

Adorei a nova personalidade da Niki/Jéssica/Gina.

O Nathan virou pastor, táquipariuviu

Os textos que o Mohinder narra no começo dos episódios já foram mais tocantes.

Algumas coisas me irritam, pra quê o Peter corre da Claire sendo que ele pode teletransportar. Eu com uns poderes daquelees ai ai ...

Ando vilão? WTF?

Cadê o Micah?

1 Comment:

THIAGO PAULO said...

Poxa, comecei aler, mais decidi parar. Risos.
Ainda não vi o episódio, mais assim que ver te digo oque achei!

Muito bom os posts anteriores, viu! Estou indo comentar, principalmente no da Dharma Day.

Até breve..