26.8.10

Primeiras Impressões: No Ordinary Family



Recentemente a ABC disponibilizou em seu site o piloto de NO ORDINARY FAMILY.

Só agora resolvi ver a mais nova aposta do canal, que só estréia o show em Outubro, e já posso dizer com todas as letras que essa série vai bombar.

Enredo ótimo, roteiro bacana sem ser bocó, atuações convincentes, elenco bem escolhido e com um ótimo timming pra comédia, enfim, a ABC parece que soube fazer milagre com a premissa ''tosca'' de No Ordinay Family. Porque convenhamos, o lance de ''cair'' em um mar de Belém aqui no Brasil e sair de lá com super-poderes é meio cafona vai. Mas mesmo assim a série dá a volta por cima e mostra que tem um potencial enorme para se tornar uma das melhores estréias do ano.

Para os moradores de Marte, a série fala sobre uma família que vinha tendo crises de relacionamento e ao viajarem ao Brasil para ''consertarem'' as coisas, acabam sofrendo uma queda de avião e caindo em um rio de Belém, que aparentemente lhe deu habilidades especiais como super-força, telepatia, velocidade e ...super-inteligência?

Outro destaque da série é o seu elenco de apoio que é nada mais nada menos que espetacular. Romany Malco interpreta o melhor amigo de Jim Powell, personagem de Michael Chiklis, que surta ao descobrir que o melhor amigo agora tem super-poderes. Até uma base (com wifi!!) para o cara ele cria em sua própria garagem. Ainda tem Autuumn Resser, a Taylor de The OC, interpretando uma funcionária e potencial melhor amiga da personagen de Julie Benz, Sthepanie Powell. E como os criticos americanos haviam comentado, a personagem é a Taylor Townsend todinha. Delicia!

O duro vai ser esperar até o meio de Outubro para poder conferir a temporada de No Ordinary Family, que já entrou para a minha lista de obrigações para se assistir nessa temporada.

3 Comments:

Adelson (TD Séries) said...

Olá, Petter!

Também fui positivamente surpreendido pelo piloto de "No Ordinary Family". Como você bem disse, a explicação para os poderes foi bem tosca. Mas, gostei muito da forma como os personagens descobriram seus poderes e como estão aprendendo a lidar com eles.

Sabe meu único medo? Que daqui a alguns anos o seriado transforme-se no que "Heroes" se tornou. Espero que isso seja para eles um exemplo do que não deve ser feito.

Um abraço!

Ig said...

Fui todo esperançoso assistir o seriado mas acabei me decepcionando, uma enxurrada de clichês e apesar da otima atuação dos atores a historia ficou mediocre, vamos ver se melhora né com os proximos eps.

Anônimo said...

Pior que norte-americanos, ou qualquer estrangeiro não saber ou ter uma visão errada do Brasil, no caso mais especificamente de Belém, é um brasileiro saber menos ainda. No seu caso, dizer que eles cairam no mar, na verdade eles cairam num rio. Pois a cidade de Belém, é cercada por rio.