14.10.08

HEROES 3x05 | A HORA DE SURPREENDER!



Depois de 4 episódios picaretas e infames de Heroes tivemos uma grande surpresa, o quinto episódio é mediano. Sério, não foi tão ruim quanto aos anteriores, apresentou uma trama mais rápida, teve bem mais ação que os outros, teve menos absurdos, teve mais ação e mais momentos OMG como todo mundo adora, em si foi um episódio bom!

É claro que a série continua empurrando com a barriga erros gritantes, mais como estamos falando de heroes, temos que desligar o senso critico e ligar o senso sessão da tarde, sério com essa série funciona!
Até agora a proposta da temporada está fluindo bem, apesar dos absurdos e dos erros como eu já disse gritantes, é legal ver que a cada episódio sempre tem alguém se superando e mostrando que pode se tornar um vilão sim, um dos pontos altos do episódio foi justamente quando vimos o inofensivo Hiro Nakamura ''matar'' (porquê ninguém nunca morre nessa série) seu grande amigo Ando, acho que todo mundo fez a mesma cara que o Ando fez quando tomou a espadada.

A Claire tentou fazer a linha durona e não conseguiu, já era de se esperar, o melhor foi quando ela viu que o pai está trabalhando com o Sylar. É Claire não foi só você que ficou revoltada com tamanha irônia do destino, em partes a trama Noah-Sylar-Claire foi bem trabalhada. A bondade de Sylar ainda irrita e muito, mais os momentos em que vêmos que Noah não está feliz com a companhia do ex-assasino são muito bons!

O Mohinder cada vez mais está virando vilão, tomara que ele morra né? ô personagem chato. A Maya é outa que tá cada vez mais sem propósito na trama, eu tinha achado que o Mohinder tinha matado ela, uma pena...
O episódio também esclareceu algumas pequenas duvidas que tinhamos, afinal o Linderman estava de volta mesmo? Que papo de Deus é esse pra cima do Nathan? Aí vimos que o pai do Matt voltou e junto com o Petrelli Father (eu disse que ninguém morre nessa série) estão recrutando mutantes para algo (destruir o mundo? no minimo) até a Daphne está sendo enganada!

O gancho para o proximo episódio foi bom. A volta de personagens que de fato agregam algo a série como o pai de Peter e o pai do Matt é um bom sinal. A falta do Matt no deserto também ajudou a deixar o episódio mediano. É essa a hora Tim Kring, se você quer que algo aconteça e que Heroes sai do mais -do- mesmo essa é a hora!

7 Comments:

Veiga said...

EU NAO VOU LER, PQ EU AINDA N VI!!


hauSHUhasUhasuhus

Lucas said...

Cara ainda nao to acreditando que nao gosto dos episódiso anterioes... eu estou gostando da temporadaaa! Sem duvida estou com medo do futuro, mas estou gostando muitpo!

Dan Artimos said...

também estou sentindo isso, parece que a história está sendo empurrada e não mostrada... os roteiros tinham que ser um pouco mais dinâmicos...

só uma coisa, cadê a Monica??? quero a prima do Micah na série...

Luiz Carlos said...

Hum...ainda estou decidindo se vou continuar ou não. Bom saber que o episódio não foi outro desastre.

Abraço

THIAGO PAULO said...

ainda não vi, assim que ver te digo o que achei!!

Abraços... Fui!!

Fabricio said...

Heroes quando não inventa demais e num abusa daquela ladainha de passado e futuro o tempo todo vai bem, esse foi um destes episódios onde eles não fugiram do script e mantiveram uma certa coerencia nas ações. No popular fizeram o feijão com arroz e desta forma não escorregaram tanto como de costume. Espero que nos próximos episódios mantenham o rumo e assim possamos entender o que tem por trás da mente destes confusos roteiristas.

THIAGO PAULO said...

Nossa, realmente está tudo, Mais do mesmo. Não, vejo Heroes só por diversão, porque é cada coisa louca. Imagino como seria essa série na mão de um roteirista melhor, podeia ser uma das melhores séries. Acho que eles tem tantas idéas, que usam elas rápido demais. Tipo, aquele cara do "puraco negro", nem bem apareceu e já morreu.

Puts, o lance do Mohinder está foda, acho que ele está virando uma barata..hehehehe. Tonto ele já é, mais, agora será barata tonta!

Abraços...