28.9.09

Primeiras Impressões | Community e Modern Family



Falaram tão bem do episódio piloto de Community que depois que eu assisti (e já estou com o segundo aqui, mas isso não significa que eu vá ver) senti uma decepção tão, mas tão grande que até pensei que o problema fosse eu. Sério, a série não tem nada demais. A premissa é simples, um bando de gente completamente diferente estudando todos juntos em uma faculdade comunitária que é famosa por, digamos ser freqüentada por gente que não soube aproveitar as oportunidades da vida e acabam indo parar lá. Resumindo, um bando de losers.

Não consegui esboçar um só sorriso no rosto enquanto via a série. Texto bocó, atuações idem e pouquíssimas situações engraçadas e divertidas para uma série que é classificada como comédia. Para não dizer que sou chato e estou pegando no pé apenas uma coisa no todo se salva, Chavy Chase. O cara é sensacional, tem o melhor personagem e é de longe a melhor coisa da série. Só com ele consegui dar uma risadinha safada no meio do episódio. Não sei se a coisa engrena no segundo (e confesso, não estou nem um pouco afim de saber) pode até ser que dê uma melhorada, mas prefiro parar por aqui com Community. Nunca vou entender mesmo essas séries queridinhas pelos gringos mesmo. Next.



Quando vi que Modern Family iria estrear nessa temporada pensei que era bomba. E para minha surpresa não é não. Tá ok, a série é dispensável e tudo mais, porém o texto é bem divertido, as atuações são engraçadas e os personagens são carismáticos. A série fala da vida de 3 tipos de família. A primeira é composta por um casal e 3 filhos, a segunda por um senhor de idade, uma gostosa colombiana e seu filho, e a terceira por um casal gay que acabou de voltar de uma viagem e adotou uma criança.

Não diria que tem muito futuro, mas a audiência absurda que a série conquistou no seu piloto (uma das mais altas da fall season até agora) veio para me calar. Não sei se vou continuar acompanhando a série fielmente (como disse acima, apesar de boa é dispensável) mas que ela pode ser vista como um ótimo passatempo, isso não posso negar!

7 Comments:

Solimar Antonio said...

Cara você disse tudo!! Não vi a menor graça em Community e não perderei mais 20 minutos do meu tempo ao assistir o segundo episódio. Falaram tão bem da série que até achei que estava vendo a série errada. O único personagem que simpatizei foi aquele que parece israelense, mas não é nada demais tbm. Enfim, totalmente dispensável!

Modern Family é legalzinha, mas só. Nada de mais tbm. As piadas são até engraçadas. Posso até ver outros episódios, mas só quando me restar um tempo livre, o que é difícil.

Dan Artimos said...

das daus soh assiste modern family, por causa do Ed O'Neil... quem não gostava do Al de Married with Children??? a série me cativou e espero pelo segundo episódio... a forma de mostrar como se fosse um documentário sobre a nova família americana me agradou bastante...

•CleBeR! said...

Petter fiz um review recentemente no meu blog, e achei as duas simplesmente ótimas, a segunda em especial pra mim, darei continuação a ambas! Accidentally on Purpose é a melhor comédia dessa Fall Season!

Fernando Gomes said...

Modern Family é boa.. concordo que é dispensável, porém um ótimo passatempo. Eu pretendo continuar.

Quanto a Community, não me interessou desde que a sinopse foi anunciada.

Também não entendo a afinidade gringa com séries esranhas. Tipo The Office.. até agora tô tentando entender porque faz tanto sucesso. Você já viu? Curte? Tem uma luz?

Petter said...

@Fernando Gomes

Nunca vi, não sei te explicar também =(

Gabriel said...

Gostei muuito de Modern Family. Muito divertida, esperta, piadas inteligentes e engraçadas. Concerteza continuarei!
Já Community nem vi, cara. Não me interessou nem um pouco, quem sabe mais pra frente xD
Abraço!

nehemias said...

Cara, Modern Family é a revelação da temporada. Quem diria q uma serie com o veterano "Al Bundy" seria tão boa assim? Sem falar que todos os personagens são muito bem construídos. Pra quem gosta de Arrested Development e The Office, essa série é imperdível. Rachei de rir com o segundo episódio. O "roubo" da bicicleta... genial.